Cliq16.blogspot.com ou Cliq16.rg3.net

sábado, 13 de março de 2010

Calendário de Provas


Caros alunos eis o calendário de provas:

17/03 - Redação do Provão

Contéudo: (COLA!!!! RSRSRS! ) 

1) Redação Dissertativa-Argumentativa conforme a estrutura estudada:

Dissertar é o mesmo que desenvolver ou explicar um assunto, discorrer sobre ele. 

Estrutura básica e convencional:

Introdução
Que apresenta o assunto e o posicionamento do autor. Ao se posicionar, o autor formula uma tese ou a idéia principal do texto.
Desenvolvimento
Formado pelos parágrafos que fundamentam a tese. Normalmente,  em cada parágrafo, é apresentado e desenvolvido um argumento. Cada um deles pode estabelecer relações de causa e efeito ou comparações entre situações
Conclusão
Que geralmente retoma a tese, sintetizando as idéias gerais do texto ou propondo soluções para o problema discutido. O elemento surpresa consiste quase sempre em uma citação científica, filosófica ou literária, em uma formulação irônica ou em uma idéia reveladora que surpreenda o leitor e, ao mesmo tempo, dê novos significados ao texto.

29/03 - Provão de Língua Portuguesa


Conteúdo: (10 questões alternativas)


  • Variação linguística: textos, tirinhas e quadrinhos com variações. Identificar as variações. Estrangeirismos. Substituir as variantes pela forma correta. Adequação da variação.
  • Gramática: concordância (verbal e nominal), ortografia, 
  • Gêneros textuais: identificar textos expositivo, poesia e conto.
  • Lusofonia: origem da língua portuguesa

Boa Sorte!!!!

Próximas avaliações: de 06/04 a 16/04 Provas Normais com 20 questões dissertativas e alternativas.

quinta-feira, 11 de março de 2010

Texto Dissertativo / Argumentativo by "AlgoSobre" N.Landarin


Texto Dissertativo / Argumentativo



sobre Redação Por Noely Landarin



Dissertar é o mesmo que desenvolver ou explicar um assunto, discorrer sobre ele. Assim, o texto dissertativo pertence ao grupo dos textos expositivos, juntamente com o texto de apresentação científica, o relatório, o texto didático, o artigo enciclopédico. Em princípio, o texto dissertativo não está preocupado com a persuasão e sim, com atransmissão de conhecimento, sendo, portanto, um texto informativo.
Os textos argumentativos, ao contrário, têm por finalidade principal persuadir o leitor sobre o ponto de vista do autor a respeito do assunto. Quando o texto, além de explicar, também persuade o interlocutor e modifica seu comportamento, temos um texto dissertativo-argumentativo. O texto dissertativo argumentativo tem uma estrutura convencional, formada por três partes essenciais.

Introdução

Que apresenta o assunto e o posicionamento do autor. Ao se posicionar, o autor formula uma tese ou a idéia principal do texto. Teatro e escola, em princípio, parecem ser espaços distintos, que desenvolvem atividades complementares diferentes. Em contraposição ao ambiente normalmente fechado da sala de aula e aos seus assuntos pretensamente “sérios” , o teatro se configura como um espaço de lazer e diversão. Entretanto, se examinarmos as origens do teatro, ainda na Grécia antiga, veremos que teatro e escola sempre caminharam juntos, mais do que se imagina.(tese)

Desenvolvimento

Formado pelos parágrafos que fundamentam a tese. Normalmente,  em cada parágrafo, é apresentado e desenvolvido um argumento. Cada um deles pode estabelecer relações de causa e efeito ou comparações entre situações, épocas e lugares diferentes, pode também se apoiar em depoimentos ou citações de pessoas especializadas no assunto abordado, em dados estatísticos, pesquisas, alusões históricas.

O teatro grego apresentava uma função eminentemente pedagógica. Com sua tragédias, Sófocles e Eurípides não visavam apenas à diversão da platéia mas também, e sobretudo, pôr em discussão certos temas que dividiam a opinião pública naquele momento de transformação da sociedade grega. Poderia um filho desposar a própria mãe, depois de ter assassinado o pai de forma involuntária (tema de Édipo Rei)? Poderia uma mãe assassinar os filhos e depois matar-se por causa de um relacionamento amoroso (tema de Medeia e ainda atual, como comprova o caso da cruel mãe americana que, há alguns anos, jogou os filhos no lago para poder namorar livremente)?
Naquela sociedade, que vivia a transição dos valores místicos, baseados na tradição religiosa, para os valores da polis, isto é, aqueles resultantes da formação do Estado e suas leis, o teatro cumpria um papel político e pedagógico, à medida que punha em xeque e em choque essas duas ordens de valores e apontava novos caminhos para a civilização grega. “Ir ao teatro”, para os gregos, não era apenas uma diversão, mas uma forma de refletir sobre o destino da própria comunidade em que se vivia, bem como sobre valores coletivos e individuais.
Deixando de lado as diferenças obviamente existentes em torno dos gêneros teatrais (tragédia, comédia, drama), em que o teatro grego, quanto a suas intenções, diferia do teatro moderno? Para Bertold Brecht, por exemplo, um dos mais significativos dramaturgos modernos, a função do teatro era, antes de tudo, divertir. Apesar disso, suas peças tiveram um papel essencial pedagógicovoltadas para a conscientização de trabalhadores e para a resistência política na Alemanha nazista dos anos 30 do século XX.
O teatro, ao representar situações de nossa própria vida – sejam elas engraçadas, trágicas, políticas, sentimentais, etc. – põe o homem a nu, diante de si mesmo e de seu destino. Talvez na instantaneidade e na fugacidade do teatro resida todo o encanto e sua magia: a cada representação, a vida humana é recontada e exaltada. O teatro ensina, o teatro é escola. É uma forma de vida de ficção que ilumina com seus holofotes a vida real, muito além dos palcos e dos camarins.

Conclusão

Que geralmente retoma a tese, sintetizando as idéias gerais do texto ou propondo soluções para o problema discutido. Mais raramente, a conclusão pode vir na forma de interrogação ou representada por um elemento-surpresa. No caso da interrogação, ela é meramente retórica e deve já ter sido respondida pelo texto. O elemento surpresa consiste quase sempre em uma citação científica, filosófica ou literária, em uma formulação irônica ou em uma idéia reveladora que surpreenda o leitor e, ao mesmo tempo, dê novos significados ao texto.


O Parágrafo

Além da estrutura global do texto dissertativo-argumentativo, é importante conhecer a estrutura de uma de suas unidades básicas: o parágrafo.
Parágrafo é uma unidade de texto organizada em torno de uma idéia-núcleo, que é desenvolvida por idéias secundárias. O parágrafo pode ser formado por uma ou mais frases, sendo seu tamanho variável. No texto dissertativo-argumentativo, os parágrafos devem estar todos relacionados com a tese ou idéia principal do texto, geralmente apresentada na introdução.
Embora existam diferentes formas de organização de parágrafos, os textos dissertativo-argumentativos e alguns gêneros jornalísticos apresentam uma estrutura-padrão. Essa estrutura consiste em três partes: a idéia-núcleoas idéias secundárias (que desenvolvem a idéia-núcleo), a conclusão. Em parágrafos curtos, é raro haver conclusão.
A seguir, apresentarei um espelho de correção de redação. A faixa de valores dos itens analisados sofre alteração a cada concurso, os aspectos macroestruturais e microestruturais são variáveis na maneira como são expostos. No entanto, os espelhos não fogem ao padrão pré-determinado.

ESPELHO DA AVALIAÇÃO DA PROVA DISCURSIVA - MODELO CESPE/UnB
Aspectos macroestruturaisnota obtidafaixa de valores
APRESENTAÇÃO TEXTUAL
Legibilidade(0,00 a 2,00)
Respeito às margens e indicação de parágrafos(0,00 a 2,00)
ESTRUTURA TEXTUAL (dissertativa)
Introdução adequada ao tema/posicionamento(0,00 a 4,00)
Desenvolvimento(0,00 a 4,00)
Fechamento do texto de forma coerente (0,00 a 4,00)
DESENVOLVIMENTO DO TEMA
Estabelecimento de conexões lógicas entre os argumentos(0,00 a 4,00)
Objetividade de argumentação frente ao tema/posicionamento(0,00 a 4,00)
Estabelecimento de uma progressividade textual em relação à seqüência lógica do pensamento(0,00 a 4,0
Tipo de erro
Pontuação
Construção do período
Emprego de conectores
Concordância nominal
Concordância verbal
Regência nominal
Regência verbal
Grafia/acentuação
Repetição/omissão vocabular


OutrosNota no conteúdo (NC) » NC = 5 : 28 x (soma das notas dos quesitos)
Número de linhas efetivamente ocupadas (TL)
Número de erros (NE)

NOTA DA PROVA DISCURSIVA (NPD): NPD=NC – 3 x NE : TL
A seguir, apresentarei a estrutura textual dissertativa, a partir dos dados do espelho de correção da prova discursiva, seguindo a orientação do professor Fernando Moura (Nas Linhas e Entrelinhas).

Veja texto completo no site: ALGOSOBRE.COM.BR

Veja Também ...

sexta-feira, 5 de março de 2010

Técnicas de Redação: Dissertação por Wagner Ortiz

Oi alunos, tudo bem!! Conforme combinado estou postando a aula virtual sobre redação-dissertação.

Espero que todos possam abrir o arquivo que está zipado no Win Rar (pode ser baixado em: http://www.baixaki.com.br/download/WinRAR.htm. )

Assistam aos vídeos anexos pois são, além de engraçados, servem para nossa reflexão. Até mais!


Clique no link para baixar o arquivo.
Ao abrir a página clique no botão azul.

Bom estudo!


© dos textos originais: Wagner Ortiz 2008 - Não mude o texto original!!
Material sem fins lucrativos. Exclusivo para educação.
Não autorizado o uso em sala de aula, e outros meios sem prévia autorização dos autores.
¦©Todos os direitos de reprodução de imagens e dos exemplos, cabe aos respectivos autores citados.